“Cara de pau”: homem é flagrado urinando no Parque Fluvial de Juazeiro e frequentadores pedem mais segurança no local

 

Uma atitude inusitada aconteceu na tarde deste domingo (10), no Parque Fluvial de Juazeiro. Um homem de identidade não revelada, foi flagrado urinando na pista de skate do parque, sem nenhum pudor, quando o espaço estava lotado de pessoas.

“Na maior cara de pau, o rapaz se encostou ao lado da parede e urinou tranquilamente, sem se importar com as pessoas que estavam no local. Fomos reclamar e ele ainda saiu irritado, dizendo desaforo, como se estivesse correto”, contou um skatista ao PNB.

Outro esportista que presenciou a cena, chamou atenção para a falta de segurança no Parque Fluvial, que virou ponto de encontro dos juazeirenses, sobretudo dos jovens.

“Depois que este parque foi inaugurado, passou a receber um grande número de pessoas, principalmente nos finais de semana. Além do pessoal que vem para praticar atividade física, passear com seus pets, muitos jovens e famílias usam os espaços para fazer piqueniques, conversar, tocar violão e precisa ser melhor vigiado. A Guarda Municipal deveria fazer rondas constantes aqui no parque, principalmente na parte de baixo. A gente que tá aqui todo dia, observa também alguns fazendo uso de drogas, abertamente, e isso nos dá a sensação de insegurança”, disse o jovem, que ainda sugeriu a prefeitura, que instale banheiros no parque.

” Nossa orla ficou show, com vários espaços para praticarmos esporte e de lazer, mas faltam banheiros públicos, porque é grande o número de pessoas que vem aqui. Não sei se seria possível, mas tem essa necessidade sim. E assim, evitaria essas situações de pessoas fazendo xixi pelos cantos do parque, o que é desagradável para quem frequenta a orla”, concluiu o jovem.

De acordo com o artigo 233 do Código Penal Brasileiro, utilizar lugar público, ou aberto ou exposto ao público, caracteriza a prática de ato obsceno.

Quem se sentir ofendido, tendo provas do ato, pode procurar a Polícia para adoção das providências legais.

Da Redação    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.