O público que virou privado: “orla do bairro Country Clube cercada, ilha invadida por particulares”, denuncia morador

(foto PNB)

 

Quem faz um passeio pela orlinha do bairro Country Club, um dos mais antigos e tradicionais bairros de Juazeiro, no Norte da Bahia, e pretende chegar mais perto do rio São Francisco, se depara com um obstáculo: uma cerca de arame farpado que foi instalada no local.

A situação foi flagrada pelo PNB. De acordo com moradores do bairro, a beira do rio, que deveria ser de livre acesso, está cercada há pelo menos uns cinco anos.

(foto PNB)

“A área não é particular, é da união, da Marinha, mas está cercada como se fosse de propriedade privada, o que é um absurdo. Colocaram até um portão para impedir o livre acesso das pessoas. Antes tínhamos acesso a beira do rio, um direito nosso de morador e de qualquer pessoa. Cercaram ao bel prazer, sem fiscalização, e não se sabe exatamente quem foi o responsável pela cerca. A beira do rio, neste trecho, mais parece uma roça particular, com uma cerca de arame farpado, o que também é proibido pelo código de postura do município”, relatou um morador.

Ele também denuncia a invasão da ilha do Country, espaço antes frequentado por banhistas, que também virou “propriedade particular”.

(foto PNB)

 

“Na minha adolescência e de muitos amigos meus, frequentávamos a ‘ilhinha’ do Country. Até a cantora Ivete Sangalo, que morou aqui no bairro, fala da ilha nas suas entrevistas. Ela também brincava e ia ao local. Pois bem, há anos, algumas pessoas, creio que as mesmas que construíram essa cerca, se dizem proprietárias da ilha, impedindo a passagem dos moradores e visitantes. Soube que até já plantaram lá na ilha e montaram moradia. Vivem em uma “ilha particular”, denunciou o morador.

A situação irregular se verifica há anos, sem que os poderes públicos adotem providências. O morador, que pediu pra não ser identificado, pediu providências aos órgãos responsáveis.

“Orla do bairro Country Clube cercada, ilha invadida por particulares. Alô Marinha, alô prefeitura e Ministério Público, vamos devolver esses espaços públicos ao público? Cercar a beira do rio, invadir uma ilha, é muita ousadia, é apostar no descaso dos órgãos responsáveis. Uma aposta certa, pois até o momento, a lei não alcançou os invasores. Vai ficar por isso mesmo?” questionou.

De quebra, ele reivindica a revitalização da orla do bairro.

“Com uma pequena intervenção poderíamos ganhar mais este espaço de lazer, contemplação e área pra banho. Fica a dica”, sugeriu o morador.

Estamos repassando a situação relatada para os órgãos competentes.

 

Da Redação

4 Comentários

  • Joao disse:

    A nova gestão pode aproveitar essa deixa para investir nesse espaço e recuperar a alta estima dos cidadãos com mais um espaço de lazer

  • Paulo Lima disse:

    Quando a bandidagem tomava conta da beira do rio do country e os altos índices de roubos a transeuntes e de furtos a residências estavam aterrorizando o bairro e adjacências não vi PNB nem algum pseudomorador vir reclamar da patifaria que estava a acontecer. Agora quando os próprios moradores assumem as rédeas da triste situação vocês resolvem querer aparecer. Parabéns pelo desserviço prestado!

    • Iangue Rodrigues disse:

      Ahh tá, então botar uma cerca na beira do rio e invadir e se apossar de espaços públicos resolveu essa situação, nunca mais teve assalto no Bairro Country Clube. O certo é certo e o errado tem que ser cobrado. Parabéns PNB pela belíssima atitude

  • Esse bloguinho e sua equipe medíocre, esqueceram de colocar nesta matéria idiota, sobre esbornias, presença de indivíduos de má conduta que se aproveitam do local para usar drogas, observar, tentar e assaltar transeuntes e residências nas imediações, atear fogo na mata, descartar lixo, entre outros fatores ruins que contribuem para a degradação do espaço,. A atitude está correta sim, os conscientes cuidadores da área estão vigilantes á presença de desconhecidos que são os verdadeiros invasores, e estão cuidando da forma adequada como for, o poder público pode até reconhecer com bons olhos essa ação, e não vai ser uns patéticos e enxeridos que ficam lotando blogs criando mentiras e fuxicadas tentando atrapalhar ao invés de ajudar na causa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.