Prefeitura de Juazeiro afirma que “não há impedimento jurídico para que Ciro Viana exerça o cargo de Chefe de Gabinete”

 

Em resposta a reportagem do PNB sobre rejeição pelo Tribunal de Contas dos Municípios, das contas do chefe de gabinete da Prefeita de Juazeiro Suzana Ramos (PSDB), Ciro de Castro Almeida, Ciro Viana, quando gestor do SAAE- Serviço de Água e Esgoto de Casa Nova, a prefeitura esclareceu que ” não há qualquer tipo de impedimento jurídico para que Ciro Viana exerça o cargo de Chefe de Gabinete da administração municipal”.

A nota da assessoria da PMJ, também afirma que “Ciro Viana, enquanto Diretor do SAAE de Casa Nova/BA, teve todas as suas contas aprovadas pelo TCM, à exceção de uma única, referente ao ano de 2013. Em tempo, informamos que a Justiça suspendeu todos os efeitos da decisão que rejeitou as contas, por constatar uma série de equívocos na decisão. O entendimento, inclusive, foi ratificado em decisão unânime proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia”.

Entenda o caso

Ciro de Castro Almeida teve suas contas relativas ao exercício financeiro do ano de 2013 rejeitadas pelo órgão. Ele é primo do Deputado Federal Adolfo Viana, também do PSDB e presidiu o SAAE do município de Casa Nova na gestão do ex-prefeito Wilson Cota, falecido em 2020.

Ele ficou dois anos à frente da autarquia municipal, e deixou o comando do órgão para assumir a coordenação regional do PSDB.

De acordo com informações apuradas pelo PNB, na Vara da Fazenda Pública, em Juazeiro, tramita uma ação impetrada por Ciro Viana, com o objetivo de anular os procedimentos administrativos movido contra o administrador. Caso esta ação seja julgada improcedente, a perda dos direitos políticos do chefe de gabinete da atual prefeita de Juazeiro, seria mantida, ou seja, ele se tornaria inelegível para assumir cargo público.

Confira matéria:

Com problemas no Tribunal de Contas dos Municípios- TCM, Chefe de Gabinete de Suzana Ramos pode ser impedido de se manter no cargo

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.