MPPE pede suspensão de diploma de vereador, e Lucinha Mota poderá assumir vaga na Câmara de Vereadores de Petrolina

 

O PNB confirmou uma informação que circula nas redes sociais sobre o pedido de suspensão do diploma do vereador eleito Junior do Gás, eleito com 1.183 votos, alegando fraude eleitoral com o uso de candidaturas laranjas em seu partido (Avante).

Na vaga de Junior Gás entraria a Suplente Lucinha Mota, que obteve 2,656 votos

O PNB conversou com Lucinha Mota e ela informou que ” a gente entrou com uma ação, e o Ministério Público foi favorável. Estamos aguardando a decisão do Juiz Dr Marcos Bacelar, que deverá julgar o mérito. Situações análogas a esta, estão acontecendo em vários estados, como forma de moralizar as candidaturas.

O pedido de suspensão pelo MPPE foi do Promotor da Justiça eleitoral de Petrolina Djalma Rodrigues Valadares.

Da Redação

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.