Enquanto Petrolina (PE) avança nas negociações para compra de vacina contra a covid 19, Juazeiro ainda não manifestou intenção de adquirir o imunizante

0

 

Após a autorização do Supremo Tribunal Federal e aprovação do projeto do Senado, alguns estados e municípios, começaram a se articular para a compra de vacinas contra Covid-19, infecção causada pelo novo coronavirus e que já matou mais de 250 mil pessoas no Brasil.

Aqui na região do Vale do São Francisco, por exemplo, o Prefeito de Petrolina-PE, Miguel Coelho, retomou a negociação, iniciada em dezembro de 2020 com laboratórios, para a compra de imunizantes contra a covid-19.

O gestor afirmou que pretende comprar diretamente doses no Brasil ou no exterior, o mais rápido possível, para acelerar a vacinação na cidade.

No último sábado, Miguel Coelho participou de uma reunião sobre ações que envolverão a compra e distribuição dos imunizantes, juntamente com o prefeitos das cidades do Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador, Cuiabá, Aracaju, Manaus, Belém, Porto Alegre e Ribeirão Preto, e com presidente da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), Jonas Donizette .

Ainda de acordo com Miguel, mesmo em fase de organização, o grupo já iniciou as tratativas com farmacêuticas que produzem vacinas contra a covid-19.

No município vizinho, Juazeiro-BA, até o momento, a intenção de comprar vacinas contra a Covid-19 ainda não foi anunciada pela gestão municipal.

O PNB entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde da cidade e questionou se já existe um plano para a compra dos imunizantes por parte da gestão municipal. De acordo com a Ascom, existe um planejamento, mas as ações ainda não estão fechadas.

Pessoas já vacinadas

Tanto em Petrolina, quando em Juazeiro, a vacinação acontece de forma lenta.

Até ontem (28), a cidade pernambucana havia aplicado 14.308 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 10.654 pessoas que tomara a primeira dose e 3.654 moradores que já tomaram a segunda dose.

O município tem 354.317 habitantes, de acordo com o censo de 2020.

Já em Juazeiro, o último dado em relação a vacinação foi divulgado na sexta-feira (26), onde apenas 5.879 pessoas já haviam sido vacinadas. Os detalhes sobre a primeira e segunda doses não foram divulgadas.

A cidade tem 218.162 habitantes, segundo o censo de 2020.

Critérios para a compra

Vale ressaltar que a compra das vacinas por parte dos governos estaduais e municipais só podem ocorrer caso o Governo Federal descumpra o Plano Nacional de Vacinação pelo Governo Federal ou haja insuficiência de doses previstas para imunizar a população.

A autorização também é válida para os casos em que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não conceda autorização em 72 horas para uso de imunizantes aprovados por agências reguladoras de outros países.

 

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome