Alex Tanuri se solidariza com trabalhadores da educação e afirma “eles não estarão sozinhos nesta luta”

1

 

Em nota enviada ao PNB, o Vereador Alex Tanuri manifesta apoio aos professores temporários que utilizaram os meios de comunicação para reclamar do não recebimento dos salários relativos ao mês de fevereiro.

Diz a nota:

“Causa indignação que isto esteja acontecendo. Nos últimos anos, os profissionais da educação foram valorizados em nossa cidade. Além de receberem acima do piso nacional, tiveram a garantia do pagamento em dia dos seus salários. Em 2020, receberam o mês de dezembro e o décimo-terceiro de forma antecipada e o recurso para o pagamento de janeiro foi deixado na conta pela gestão anterior’, declarou o edil.

Alex Tanuri também mostrou preocupação com a informação de que profissionais de apoio das escolas não serão contratados neste início de ano letivo com a justificativa das aulas remotas. Com isto, merendeiras, auxiliares de serviços gerais, auliares de sala e outros trabalhadores ficariam sem vinculo pelos próximos meses.

“Em 2020, mesmo em plena pandemia, a gestão passada não demitiu merendeiras, auxiliares de serviços gerais, auxiliares de sala e auxiliares de educação especial. Todos foram mantidos na folha, recebendo integralmente os seus salários. Agora eles ficam sabendo que não serão mais contratados enquanto as aulas forem remotas. Os recursos do FUNDEB continuam chegando normalmente, não houve suspensão de repasses e a sociedade de Juazeiro precisa saber o que justifica suspender a contratação destes trabalhadores e, no momento de profundas dificuldades, de crises sanitária e econômica, deixar pais e mães e família sem remuneração”, questionou Tanuri.

Alex ainda destacou a importância destes trabalhadores e trabalhadoras mesmo com as aulas remotas: “Estes profissionais se empenharam na gestão anterior na montagem dos kits de alimentação, na entrega dos materiais impressos para quem não conseguia ter acessos as aulas virtuais e agora são tratados com desprezo pela prefeita que prometeu cuidar das pessoas”.

Por fim, o vereador anunciou a adoção de medidas junto às instâncias legais: “Estaremos buscando o Ministério Público e as demais autoridades competentes. Os profissionais, trabalhadores e trabalhadoras da Educação podem contar com nossa luta e apoio. Eles não estarão sozinhos nesta batalha pela garantia dos seus direitos”, finalizou Alex Tanuri.

Ascom/Alex Tanuri

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome