Juazeiro: após denúncia de vacinas “sob suspeita”, vacinados ontem (9) na UBS do Mussambê questionam qualidade do imunizante; Sesau responde

0

 

(foto arquivo)

 

Na manhã dessa terça-feira (09), o PNB publicou matéria sobre a suspensão da vacinação contra a Covid-19, na Unidade Básica de Saúde do bairro Mussambê, em Juazeiro, após as doses ficarem “sob suspeita”. De acordo com a moradora Patrícia Correia, o ar condicionado da sala de vacinas apresentou defeito, elevando demais a temperatura do local, o que poderia ter causado danos ao imunizante.

Após a reportagem, a assessoria Secretaria de Saúde da cidade confirmou a informação e afirmou que  a vacinação aconteceria na UBS da Maringá, até que o conserto do equipamento fosse providenciado.

Mas não foi isso que aconteceu. Hoje (10), o PNB foi procurado por alguns moradores, que informaram que a vacinação continuou sendo realizada na UBS do Mussambê, no período da tarde.

Diante da possibilidade das doses terem perdido o efeito, familiares dos idosos que foram vacinados no local, demonstraram preocupação.

“Ainda sem saber do ocorrido, levei meus pais a unidade no período da tarde e eles foram vacinados. Depois, quando vi a reportagem do PNB fiquei bastante preocupada, pois, não sei se as vacinas aplicadas terão validade ou se causarão algum efeito contrário nos meus pais”, reclamou uma moradora.

Outra leitora cobrou esclarecimentos da Secretaria de Saúde.

“A prefeitura precisa informar se as doses aplicadas no período da tarde foram as mesmas que estão “sob suspeita”. Se a vacinação foi suspensa pela manhã, por que foi retomada, mesmo sem o conserto do ar condicionado? A unidade recebeu novas doses? Precisamos dessas informações. A situação é muito preocupante”, desabafou.

O PNB procurou novamente a assessoria de comunicação da Sesau. De acordo com o órgão, a UBS do bairro Mussambê recebeu novas doses da vacinação, para concluir a vacinação das pessoas que já estavam com fichas.

A Ascom da Sesau informou ainda que as novas doses foram colocadas em caixas térmicas e a vacinação foi realizada na sala médica.

“O ar condicionado da UBS do bairro Mussambê está sendo trocado hoje e a vacinação está acontecendo na UBS do bairro Maringá”, acrescentou o órgão.

O PNB também conversou com o Núcleo Regional de Saúde-Norte, sobre as providências que estão sendo tomadas em relação as doses que estão “sob suspeita”.

O coordenador do NRS-Norte, Pedro Alcântara, informou que os imunobiológicos, acondicionados na geladeira onde houve uma alteração momentânea na temperatura, foram transferidos para a Rede de Frio do município em temperatura ideal (+2 e +8ºC) onde ficarão acondicionados até avaliação da equipe técnica do Ministério da Saúde”.

“Essas vacinas estão recolhidas. Fotografamos a temperatura do termômetro das doses  e enviamos para o Ministério da Saúde. Agora, estamos aguardando um retorno do órgão, para saber se ela podem ser utilizadas. Se não puderem, a gente vai descartar essas doses e eles mandarão repor as doses”, esclareceu.

 

Da Redação por Yonara Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome