Ignorância ou descaso com a vida? Leitor se diz assustado com a quantidade de pessoas, sem máscara, na orla de Petrolina

Polish_20210408_132244819
Polish_20210408_132410568
Polish_20210408_132143862
Polish_20210408_132541142
Screenshot_20210408-132637

(fotos arquivo pessoal)

 

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, os órgãos de saúde recomendam o uso da máscara, juntamente com a higienização das mãos e o uso de álcool em gel 70%, como as principais medidas de prevenção contra a Covid-19.

Apesar das reiteradas recomendações, campanhas e da Lei 14.019/2020, publicada no Diário Oficial da União (DOU), que tornou obrigatório o uso da máscara em espaços públicos e privados em todo o Brasil, muita gente insiste em dispensar a proteção.

É comum flagramos pessoas sem utilizar máscaras nas ruas das cidades. Seja no centro comercial ou nos parques públicos, mesmo com a presença dos agentes de fiscalização, muita gente circula livremente sem a proteção.

A lei federal não estabelece punições, e deixa a fiscalização a cargo dos municípios. Estes, por sua vez, relaxam nas ações e não exigem o uso da máscara.

No município de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, por exemplo, na noite dessa quarta-feira (07), a orla da cidade estava lotada de pessoas praticando atividade física sem o uso de máscaras.

Ao Portal Preto no Branco, o proprietário de um restaurante da cidade, que preferiu não ser identificado, criticou a falta de fiscalização do município.

“Fiquei assustado. Fui caminhar ontem na orla de Petrolina e vi 70% da população sem máscara, como se nada tivesse acontecendo. A Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar passam e não fazem nada, nem uma advertência. A gente, que é de bar e restaurante precisa fechar às 20h para evitar a proliferação da Covid-19 e o povo no meio da rua, aglomerando, sem nenhuma proteção”, reclamou.

O PNB encaminhou a reclamação para a prefeitura de Petrolina. Em nota, a GCM informou que está realizando fiscalizações e reforçou que é indispensável a conscientização e colaboração da população.

Veja a nota na íntegra:

A Guarda Civil Municipal realiza rondas regulares e fiscalizações específicas em lugares denunciados pela população. Porém, é indispensável a conscientização e colaboração da população para que as medidas de enfretamento da Covid-19 sejam mais efetivas.

A denúncia pode ser realizada pela Central de Atendimento da Secretaria Executiva de Segurança Pública, 153 ou (87) 98106-7310 (whatsapp).

 

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.