Após alerta do PNB sobre realização das provas presenciais do Processo seletivo da PMBA, neste momento grave da pandemia, Corporação se manifesta

0

(foto arquivo)

 

Após um leitor do Portal Preto no Branco questionar os riscos que a realização do Processo Seletivo para o Curso de Formação de Oficiais Auxiliares Policiais Militares (CFOAPM 2021) podem causar aos cerca de 1.400 candidatos, a Polícia Militar da Bahia se manifestou.

Entre as etapas do processo seletivo está a inscrição pelos critérios de merecimento, avaliados através de prova de desempenho profissional intelectual, marcada para ser aplicada no próximo dia 2 de maio, na capital Salvador, com duração de 05 horas. Apesar do processo seletivo ser muito aguardado pelos Policiais Militares, chama atenção o fato da realização da prova presencial, neste momento grave da pandemia do novo coronavírus, também no Estado da Bahia.

“Vai juntar todo esse pessoal em um local para fazer as provas? Serão testados antes? Se aguardou com muita expectativa este edital com muita expectativa, muitos policiais vem se preparando há tempos para o processo seletivo, mas ele surge bem no pior momento da pandemia, onde o próprio governo vem lutando contra a propagação do vírus, adotando diversas medidas restritivas. Este vírus já matou milhares de pessoas no nosso país, inclusive Policiais Militares. Então, pergunto: não seria mais prudente adiar a prova? cancelar jamais, mas adiar seria mais seguro para os candidatos. Os policiais militares estão prestes a serem vacinados. Por que não aguardar a vacinação e só depois realizar o processo?”, questionou um leitor do PNB. (reveja)

Em resposta, a PMBA disse que o processo seletivo acontecerá seguindo os “protocolos de segurança baseados nos decretos norteadores dos requisitos de distanciamento”.

Veja a nota na íntegra

 

A Polícia Militar informa que todas as etapas do concurso que podem ocorrer com o uso de meio remoto, como o encaminhamento de alguns documentos, são adotadas sempre quando possível e que as demais ações ocorrem com a observação dos protocolos de segurança baseados nos decretos norteadores dos requisitos de distanciamento, não aglomeração e uso de máscaras.

 

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome