“De quem é mesmo a criança?”: A duplicação da BA 210 precisa passar por uma investigação de paternidade

(foto reprodução redes sociais)

A expressão “pai da criança” ficou famosa por ilustrar a disputa de políticos pela paternidade de obras e conquistas para uma cidade.

Quando a obra sai, quando a conquista chega, o que não faltam são pais querendo registra-las, exibi-las, reivindicando o direito da paternidade.

Em Juazeiro, a duplicação da BA 210, cuja ordem de serviço foi assinada ontem (8) pelo governador Rui Costa, bem que poderia ser objeto de uma investigação de paternidade, ou seria de maternidade?

Vamos rever o caso? No final do seu governo, mesmo após perder a eleição, o então prefeito Paulo Bomfim usou a sua assessoria para comunicar o início da licitação da obra. A nota, divulgada no dia 24 de novembro de 2020, informava a satisfação do ex-prefeito por ver sua solicitação atendida após inúmeras visitas a Salvador.

No dia 1º de março deste ano, Paulo Bomfim novamente divulgou release para comunicar que o recurso da obra estava em conta. Na ocasião, ele registrou em foto, uma visita ao secretário de Infraestrutura da Bahia, Marcos Cavalcanti, órgão que vai gerir a obra, e de onde saem os recursos para sua execução.

(foto reprodução redes sociais)

 

Hoje, após o Governador Rui Costa deixar a cidade, a Prefeita Suzana Ramos (PSDB), através de sua assessoria, comemorou a conquista e tomou a criança para si “Duplicação da BA-210 vira realidade em seis meses do governo Suzana Ramos”. 

(foto divulgação ascom PMJ)

 

“Mais um avanço do Governo Suzana Ramos. A tão esperada obra de duplicação da Rodovia BA-210, no trecho que vai do Mercado do Produtor de Juazeiro até o contorno de acesso para Sobradinho, já é realidade”, afirmou a gestão municipal.

“Graças ao empenho do nosso governo e apoiadores, essa obra sairá do papel. É uma demanda antiga da nossa cidade. Há anos a população pedia por essa obra e, agora, finalmente fomos contemplados”, celebrou a prefeita, que assinou a ordem de serviço ao lado do seu opositor Rui Costa (PT) e dos adversários políticos, os ex-prefeitos Isaac Carvalho e Paulo Bomfim, ambos do PT.

A criança nasceu de seis meses, prematura e disputada, sob uma competição que confunde a população sobre seu verdadeiro DNA.

Mas quem é mesmo pai e mãe? quem gera? gesta? cria? recebe no colo? ou assina a certidão de nascimento? Eis algumas questões.

Duplicação

(foto divulgação PMJ)

 

O prazo da obra é de oito meses. A duplicação da BA-210, no trecho entre  as rótulas do Mercado do Produtor (BR-407) e da Avenida Salitre (BR.122, km 390,8), terá investimento de R$ 10,6 milhões. Serão implantados passeios e ciclovias ao longo da rodovia.

Da Redação por Sibelle Fonseca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.