Juazeirense Camila Duarte está entre os semifinalistas do Festival de Música Rádio MEC

Juazeirense Camila Duarte está entre os semifinalistas do Festival de Música Rádio MEC
(Foto arquivo pessoal)

 

 

A cantora e compositora juazeirense, Camila Duarte, de 19 anos, está entre os semifinalistas do Festival de Música Rádio MEC. Ao todo, 100 canções da categoria Música Popular disputam, pelo voto popular, três vagas na final.

Foram inscritas no festival, um total de 2094 canções, em todas as categorias. Na categoria Música Popular, a que Camila Duarte concorre, 1.371 músicas se inscreveram. Destas 100 foram selecionadas.

A votação está acontecendo de forma online no site da rádios EBC (clique aqui) e termina às 23h59 do dia 23 de agosto de 2021. Cada internauta poderá votar nesta categoria uma única vez, de acordo com o regulamento do festival.

Ao PNB, Camila Duarte falou sobre a alegria de participar da semifinal do festival.

“Eu estou muito feliz por fazer parte da semifinal do festival, pois ele tem muito significado para mim, por diversos motivos. Principalmente, pela oportunidade que tenho de dar um passo a mais no meu sonho e na minha carreira. É uma ótima chance de espalhar minha música pelo país e também de representar meu nordeste”, declarou a cantora.

Camila está concorrendo com a canção autoral “Veraneio”. De melodia suave, a música fala sobre amor e foi composta em São Paulo, onde Camila mora desde os 18 anos e cursa produção musical.

“Veraneio é uma canção muito especial para mim porque eu estava num momento de muita vulnerabilidade, mas consegui usar isso ao meu favor e transformar em música tudo que eu estava sentindo. Lembro como se fosse hoje o dia em que escrevi a letra. Já morando em São Paulo, eu estava sentada no sofá e me deu vontade de tocar. Foi só pegar o violão e a sequência de acordes veio na mente, e a letra também. Fluiu tudo tão rápido, que sinto que era exatamente aquilo que eu precisava tirar do peito”, contou a compositora.

(foto arquivo pessoal)

Camila contou ainda que começou a cantar na infância, mas foi só na adolescência que decidiu mostrar seu talento para o mundo.

“Por mais clichê que seja, eu digo que canto desde que me entendo por gente. Mas, por conta da timidez que eu tinha, nunca cantava em público e ninguém sabia que eu tinha esse dom. Foi quando em 2016 eu decidi postar um cover na internet e o resultado foi muito bom. Desde então não parei mais de postar vídeos e o sonho de viver de música começou a se tornar mais real. Minha primeira composição também foi em 2016. Uma música em inglês que acabei só lançando em 2018, sendo minha estreia com músicas autorais. Depois disso, eu decidi focar em escrever músicas em português”, revelou.

(foto arquivo pessoal)

A cantora e compositora juazeirense também falou que pretende lançar em breve o seu primeiro EP, e que tem planos de parcerias musicais tanto em Juazeiro, quanto em São Paulo.

“Em São Paulo existe um mundo de oportunidades! Meu plano é aproveitar o máximo que eu puder, cada uma delas. Pretendo lançar o meu primeiro EP em breve, trazendo uma cara mais profissional ao meu trabalho e também uma nova “era”, musicalmente falando. Tenho alguns planos de parcerias musicais tanto em Juazeiro, quanto em São Paulo. Então, tem bastante coisa boa por vir. Fora isso, um grande desejo que tenho é de fazer shows logo. Eu fiz meu primeiro show num festival do Ibis hotéis, em março de 2020. Infelizmente, logo depois o mundo se deparou com essa pandemia e acabou que ficou inviável fazer apresentações. Mas quero muito voltar aos palcos”, finalizou.

 

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.