Mais reclamações: pedindo intervenção do MP, candidatos questionam Processo Seletivo da Secretaria de Gestão de Pessoas da Prefeitura de Juazeiro

Mais reclamações: pedindo intervenção do MP, candidatos questionam Processo Seletivo da Secretaria de Gestão de Pessoas da Prefeitura de Juazeiro

 

Após publicação no Diário Oficial da Prefeitura de Juazeiro, na semana passada, do resultado da seleção dos candidatos aos cargos de níveis fundamental, médio e superior para preenchimento de vagas e cadastro reserva na  da Secretaria de Gestão de Pessoas e também do Processo seletivo para preenchimento de vagas existentes no quadro de servidores da Secretaria de Saúde, as denúncias de supostas irregularidades nos certames públicos só aumentam.

O Portal Preto No Branco tem sido procurado por participantes das duas seleções, insatisfeitos com a condução do processo e questionando o cumprimento dos editais.

Desta vez, um grupo formado por profissionais de uma determinada categoria, que pediram para não ser identificados, entraram em contato com nossa redação denunciando o descumprimento do Edital Nº 004 da Secretaria de Gestão de Pessoas.

O processo, iniciado no mês de julho, está eivado de falhas, segundo os participantes, que se queixam da  “falta de  transparência”.

De acordo com o grupo, não houve na seleção a etapa de entrega das cópias dos documentos comprobatórios de  experiência profissional, certificados de cursos e diploma de formação.

” No edital nº 004 essa etapa não existiu, e foram muitas reclamações de falhas no sistema, pois o mesmo travava, não aceitava a inclusão de todos os documentos e houve até casos onde o sistema finalizou a inscrição, sem que o candidato conseguisse efetuar uma nova inscrição. Muitos ficaram prejudicados, mesmo estando claro no Edital que se um candidato realizasse mais de uma inscrição ficaria valendo a última. Há relatos de que o sistema travou e candidatos não conseguiram concluir suas inscrições e não conseguiram fazer nova, mesmo constando isso no Anexo I do Edital”, relatou uma concorrente.

“Esse seletivo foi o primeiro, de muitos que já fiz, onde não sabemos a classificação dos candidatos. Pessoas que acabaram de se formar, sendo convocadas, enquanto profissionais competentes e experientes ficam de fora. Estou indignado e com sentimento de injustiça, diante de tantas falhas. Indignação também de muitos candidatos, tanto a nível médio quanto superior. Várias falhas desde a publicação do edital, até a convocação, sem a devida classificação. Logo após a divulgação do resultado dos recursos saiu a lista já de convocados”, criticou outro participante do processo.

Finalizando, um participante pediu intervenção do Ministério Público.

“Pedimos ao Ministério Público que olhe por nós, que apure nossas denúncias. Há indícios de falhas, descumprimento do edital e favorecimento a candidatos. Solicitamos, encarecidamente, a intervenção do Ministério Público,” pediu um candidato.

Estamos enviando as reclamações para o MPBA.

Supostas irregularidades no Processo Seletivo da Secretaria de Saúde 

Em nota enviada nesta segunda-feira (13), o Ministério Público estadual, por meio da promotora de Justiça Daniela Baqueiro, informou ao PNB que “instaurou, no último dia 9 de agosto, procedimento de notícia de fato para apurar as denúncias de suposta fraude no processo seletivo da área de saúde de Juazeiro”.

O órgão informou também que “em resposta a ofício do MP, o município se manifestou e prestou informações, e que “no último dia 9 de setembro, a promotora oficiou os candidatos autores da denúncia para que se manifestem sobre as informações prestadas pelo Município em um prazo de 10 dias”.

O Ministério Público afirmou ainda que “aguarda as respostas”.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.