Caso Kézzia: acusado de matar a ex-companheira a facadas vai a julgamento nesta quarta-feira em Petrolina

Caso Kézzia: acusado de matar a ex-companheira a facadas vai a julgamento nesta quarta-feira em Petrolina

Tiago Targino, de 31 anos, acusado de matar a facadas a professora de Educação Infantil, Kézzia Homeilly, 32 anos, vai a julgamento nesta quarta-feira (15), no Fórum de Petrolina, Sertão de Pernambuco. O crime aconteceu na noite do dia 11 de abril de 2020, no bairro Jardim Amazonas.

O acusado, que era ex-companheiro da vítima, permaneceu no local do crime e foi preso em flagrante. Na época ele confessou que foi motivado por ciúmes.

Kézzia foi morta com 14 facadas e deixou três filhos, sendo duas meninas e um menino.

Este será o quarto julgamento envolvendo casos de feminicídio realizado desde o retorno das atividades presenciais, que aconteceu em agosto, no Fórum Dr. Manoel Souza Filho.

Da Redação foto arquivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.