Estado decreta situação de emergência por incêndio florestal em 16 cidades da Bahia

Estado decreta situação de emergência por incêndio florestal em 16 cidades da Bahia

O governo da Bahia decretou situação de emergência em 16 cidades baianas afetadas por incêndio florestal, que abrange incêndios em Parques, Áreas de Proteção Ambiental e Áreas de Preservação Permanente Nacionais, Estaduais ou Municipais, e incêndios em áreas não protegidas com reflexos na qualidade do ar.

Conforme publicação no Diário Oficial do Estado, as cidades de Andaraí, Barra, Barreiras, Buritirama, Campo Alegre de Lourdes, Correntina, Cotegipe, Ibotirama, Iramaia, Iraquara, Itaguaçu da Bahia, Livramento de Nossa Senhora, Macaúbas, Paratinga, Riachão das Neves e Santa Maria da Vitória foram afetadas po incêndio florestal.

Segundo o decreto, cica determinada a suspensão de quaisquer atividades capazes de produzir risco potencial de geração de novos focos de incêndio. Fica também autorizada a mobilização de todos os órgãos estaduais para atuarem em colaboração com a Superintendência de Proteção e Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia e demais órgãos de proteção ambiental nas ações de resposta aos desastres, reabilitação do cenário e reconstrução; além da autorização para a convocação de voluntários para reforçar as ações.

As cidades ficam dispensados de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta aos desastres, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários dos desastres, desde que possam ser concluídas no prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias consecutivos e ininterruptos, contados a partir da caracterização dos desastres, vedada a prorrogação dos contratos. O prazo do decreto é de 90 dias.

BNews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.