Dia da Consciência Negra foi marcado pelo lançamento do livro “Memórias do Povo de Terreiro: histórias da religiosidade de matriz africana no município de Juazeiro/BA”, da escritora e pesquisadora Ioná Pereira

Dia da Consciência Negra foi marcado pelo lançamento do livro "Memórias do Povo de Terreiro: histórias da religiosidade de matriz africana no município de Juazeiro/BA", da escritora e pesquisadora Ioná Pereira

Foi lançado no último sábado(20), Dia da Consciência Negra, o livro “Memórias do Povo de Terreiro: histórias da religiosidade de matriz africana no município de Juazeiro/BA”, da escritora e pesquisadora Ioná Pereira.

O evento, aberto ao público, foi realizado na Vila Bossa Nova – Nord Haus, em Juazeiro, e contou com a presença de diversos executivos da Atlas Renewable Energy (idealizadora da publicação), integrantes dos terreiros da região e demais convidados.

A obra conta a história das atividades do Candomblé e da Umbanda no município de Juazeiro (BA), contribuindo com o reconhecimento, preservação e valorização das religiões de matriz africana, que são parte fundamental da construção da identidade e do patrimônio cultural do Brasil.

Ascom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.