“É um ato abusivo”: comerciantes de Petrolina reclamam que estão sendo multados por estacionarem em frente as suas lojas

"É um ato abusivo": comerciantes de Petrolina reclamam que estão sendo multados por estacionarem em frente as suas lojas

Em contato com o Portal Preto No branco, uma comerciante de Petrolina, que pediu para não ser identificada, reclamou da atuação da Ammpla-Autarquia Municipal de Mobilidade na fiscalização do trânsito no centro comercial da cidade.

De acordo com ela, um veículo com câmeras instaladas fica circulando as ruas do centro, multando os carros que estão estacionados, sem qualquer comunicação.

“Nós comerciantes do centro de Petrolina estamos sendo surpreendidos com multas por estarmos estacionados em frente as nossa lojas. O método que a Ammpla achou foi colocar um carro com câmeras em cima, multando quem encontra pela frente”, reclamou.

Ela também relatou sobre a dificuldade para pagar o estacionamento rotativo.

“Diferente de Juazeiro, aqui em Petrolina, não tem parquímetro e nem funcionários do sistema de estacionamento rotativo para que se pague pela vaga. A gente tem que procurar uma loja que receba a cobrança. Muitas vezes não tem perto e temos que sair procurando uma loja conveniada para efetuar o pagamento. Neste momento, eles já aplicam a multa. Um tratamento desrespeitoso com a população e com os comerciantes que investem na cidade. Péssimo serviço esta agência presta”, avaliou.

Ainda de acordo com a comerciante, uma vizinha da sua loja, situada na Avenida Souza Filho, recebeu 7 multas em menos de um mês.

“Foram 7 multas por estacionar em frente a loja dela. O tempo em que estamos procurando um ponto para pagar o estacionamento, o tal carro já passou multando. Um absurdo!”, disse.

Ela também informou que procurou a CDL-Câmara de Dirigentes Lojistas e a informação foi de que, uma nova empresa foi licitada para fazer a fiscalização. A comerciante pede providências.

” Chega uma nova empresa, adotam este novo método e não comunicam a população, nem aos comerciantes. Este é um ato abusivo. Pedimos a CDL que intervenha nesta situação, junto a Prefeitura de Petrolina. Já não basta os tantos impostos que pagamos para manter nossos comércios e agora mais esta cobrança absurda para estacionar em frente as nossas lojas”, concluiu a empreendedora.

Estamos enviando a reclamação para a Ammpla-Autarquia Municipal de Mobilidade.

Redação PNB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.