URGENTE: Lucinha Mota e Sandro Romilton, pais da menina Beatriz, são impedidos de entrar no auditório da SDS, em Recife, onde acontecerá a coletiva de imprensa que vai detalhar a identificação do suspeito de ter assassinado a criança

URGENTE: Lucinha Mota e Sandro Romilton, pais da menina Beatriz, são impedidos de entrar no auditório da SDS, em Recife, onde acontecerá a coletiva de imprensa que vai detalhar a identificação do suspeito de ter assassinado a criança

Após a informação sobre a prisão do autor do assassinato da menina Beatriz Mota, pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco, na tarde desta terça-feira (11), Lucinha Mota e Sandro Romilton, pegaram a estrada com destino a Recife, onde acontecerá nesta quarta-feira (12) uma coletiva de imprensa para detalhar o trabalho de identificação do suspeito.

Porém, os pais da menina foram barrados por seguranças na porta do auditório da Secretaria de Defesa Social, onde representantes da Polícia Civil, Polícia Científica e Ministério Público de Pernambuco vão expor as provas técnicas do caso, que “foi solucionado com base em exames de DNA da arma do crime”.

A justificativa usada para impedir a entrada dos pais da menina foi a de que apenas a imprensa pode ter acesso a coletiva, e que os dois serão recebidos posteriormente. Porém, Lucinha afirmou que não sairá do local.

Veja o vídeo:

Lucinha está concedendo agora, na porta do auditório da SDS, uma entrevista para a imprensa. Veja um trecho:

A Coletiva de imprensa, que estava marcada para às 9h, ainda não teve início. O PNB fará a cobertura completa da coletiva, através da repórter Renata Gouveia, de Recife. Acompanhe nossas transmissões pelo instagram (portalpretonobranco_juazeiro).

Da Redação PNB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.