Causas do incêndio em apartamento do Residencial São Francisco, em Juazeiro, ainda estão sendo investigadas; sete pessoas estavam no imóvel, que ficou destruído

Causas do incêndio em apartamento do Residencial São Francisco, em Juazeiro, ainda estão sendo investigadas; sete pessoas estavam no imóvel, que ficou destruído

Ainda não foi possível concluir o que causou o incêndio em um apartamento, localizado na rua do Cajueiro, no terceiro andar do bloco 143, do Residencial São Francisco, em Juazeiro, no Norte da Bahia, ocorrido na manhã dessa terça-feira (10). Segundo o 9° GBM, uma perícia será realizada no local, para identificar o que provocou o fogo.

No momento do ocorrido, sete pessoas estavam no apartamento, sendo duas crianças. Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, todos conseguiram deixar o apartamento e ninguém ficou ferido.

O incêndio começou em um quarto do imóvel, conforme relatou a aposentada Silvia Evangelista. Ao G1, ela disse que estava na sala, quando a sobrinha, de apenas três anos, avisou que havia fogo no quarto.

O imóvel, que tem cinco cômodos, ficou destruído. A proporção do incêndio no interior da residência queimou diversos objetos como guarda-roupa, cama de casal, painel de tv, tv de 40″, colchão, penteadeira, porta dos quartos e do banheiro, bem como parte parcial da edificação.

Contudo, o incêndio foi debelado com êxito, em seguida foi realizado o rescaldo do material queimado e/ou carbonizado, segundo o 9° GBM.

(Foto: divulgação)

 

O 9° GBM ainda solicitou a presença da Defesa Civil de Juazeiro com acompanhamento de um engenheiro, a fim de avaliar os riscos existentes na estrutura do prédio e realizar as orientações sobre as condições de habitabilidade.

Após vistoria técnica, realizada por engenheiros da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (Sedur), a análise apontou que a estrutura do imóvel continua intacta e não oferece riscos.

“Fomos acionados, junto com dois engenheiros da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano, para dar o suporte técnico e realizar a avaliação do apartamento atingido, e do local como um todo, até pela prevenção dos outros apartamentos vizinhos. Felizmente, ninguém ficou ferido e o incêndio foi contido pelo Corpo de Bombeiros e a estrutura do apartamento continua intacta, precisando apenas de reparos no telhado”, contou o coordenador da Defesa Civil, Ramiro Cordeiro.

O incêndio destruiu tudo que estava dentro da residência e afetou toda a parte elétrica. “Os danos materiais foram muitos, pois o incêndio destruiu todos os móveis e danificou a parte elétrica. Vai ser necessário refazer a fiação elétrica e o telhado, que foi atingido pelo fogo. No local, a Polícia Militar também realizou um trabalho de organização de fluxo de pessoas, para evitar acidentes. A causa do incêndio foi inconclusiva”, finalizou o coordenador da Defesa Civil.

Confira o vídeo:

 

Redação PNB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.