“Cidade dos fios soltos”: fiação solta em ruas centrais de Juazeiro atrapalha circulação de pedestres; Semaurb diz que notificou empresas de telefonia e internet

"Cidade dos fios soltos": fiação solta em ruas centrais de Juazeiro atrapalha circulação de pedestres; Semaurb diz que notificou empresas de telefonia e internet

Continuam as reclamações sobre fiação solta pelas ruas de Juazeiro. O problema se agravou após a instalação de equipamentos automatizados e troca de postes de iluminação, pela Coelba.

Na manhã de hoje (6) publicamos as reclamações de moradores e comerciantes da Avenida Adolfo Viana e adjacências.

De acordo com eles, após o serviço realizado neste domingo (5) os fios despencaram pelas calçadas. Preocupados com o risco de acidentes, eles pedem providências aos responsáveis.

“A desorganização de Juazeiro é um absurdo. Olha bem isso aqui. Esse fio aqui (solto), onde ninguém pode passar pela calçada. Tudo pendurado. Já pensou uma criança vai e puxa (o fio que) está enrolado nas telhas, e causa um acidente. Essas coisas só acontecem em Juazeiro. Olha a ponta do fio onde vem, vê se tem cabimento uma coisa dessa”, reclamou uma comerciante em vídeo enviado ao PNB.

“Já viram a bagunça que eles deixam? Os fios baixos, restos de fios no chão em plena Avenida Adolfo Viana, que é tão movimentada. O pior é que a gente não sabe se são fios de telefonia ou de energia”, declarou uma moradora do bairro Coréia.

“Na cidade toda tem tanto fio pendurado. Quase me enrosquei em alguns, pedalando”, relatou Cleiber Coelho Assis.

“Cidade dos fios soltos. Um absurdo! A cidade fica feia, além do risco para quem passa”, protestou outra moradora do centro.

Mais uma reclamação chegou de um morador da rua Antônio Pedro, centro da cidade. Ele gravou a situação, denunciando a fiação solta ao longo da via.

“Risco iminente. Isso é em quase todas a ruas do centro’, protestou.

Confira vídeo:

 

Rua da 28 de setembro 

No dia 20 de abril deste ano, a equipe do Portal Preto no Branco esteve na Rua Coronel João Evangelista, mais conhecida como Rua da 28, no centro da cidade, e presenciou um problema que estava afetando comerciantes e consumidores do local. Após a troca de postes realizada no dia 7 de abril pela Coelba, a fiação estava caída na calçada, como relataram os lojistas.

Na ocasião, a Coelba confirmou que realizou a troca da fiação, mas esclareceu que os fios caídos nas calçadas pertencem as operadoras de telecomunicação, que foram avisadas previamente pela empresa sobre o serviço.

Confira a nota:

“A Neoenergia Coelba esclarece que realizou um serviço de substituição de postes na Rua da 28, em Juazeiro, reforçando a rede elétrica e aumentando a confiabilidade do fornecimento de energia dos clientes da região. Com relação à fiação, a distribuidora esclarece que os fios pertencem às empresas de telefonia e internet, e que não há desordenamento nos cabos de energia. As operadoras de telecomunicação foram avisadas previamente sobre o serviço para que realizassem a transposição dos fios para as novas estruturas, porém algumas não cumpriram o acordo. De forma pró-ativa, a distribuidora encaminhará equipe ao local para verificar a situação e tomar as medidas cabíveis. A Neoenergia Coelba reforça que a manutenção dessa fiação é de responsabilidade das operadoras e se coloca à disposição.”

Notificação

No último dia 2 de junho, a Prefeitura de Juazeiro informou que as empresas de telefonia e internet de Juazeiro foram notificadas por deixarem fios soltos em postes e atrapalharem o fluxo de pedestres na cidade

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano de Juazeiro (Semaurb), na última quarta-feira (1), a equipe de fiscalização de postura realizou uma fiscalização, com o objetivo de identificar postes com fiação e cabos de telecomunicação baixos ou dependurados, principalmente no centro da cidade.

Durante a ação os fiscais encontraram em vários pontos da avenida Adolfo Viana muito fios baixos e também uma grande quantidade de cabos de provedores de internet e telefonia deixados nas calçadas. Quatro empresas foram notificadas a retirar o material do local e realizar a manutenção imediata da fiação.

Recentemente, alguns postes no centro da cidade foram substituídos pela concessionária de energia elétrica. A empresa também poderá ser notificada, caso seja constatada alguma irregularidade.

A fiscalização foi motivada devido ao risco que a fiação solta ou pendurada poderia trazer para a segurança de pedestres e motoristas, podendo até mesmo causar algum acidente. A medida foi tomada com base no artigo 172 do Código de Polícia Administrativa do município que prevê que “não será permitido embaraçar, impedir ou obstruir, ainda que parcialmente, por qualquer meio, o livre trânsito de pedestres ou veículos nas vias e logradouros públicos, salvo por razões de interesse público”. As empresas que não realizarem os reparos serão autuadas e multadas, com valores que podem variar de R$ 153,00 a R$ 3.060,00.

Regulação

Os postes pertencem às empresas distribuidoras de energia, mas parte dos espaços é compartilhada com as empresas prestadoras de serviços de telecomunicações (telefonia, internet e TV por assinatura), que devem pagar uma espécie de aluguel. As regras que regulam esse compartilhamento são feitas em conjunto pela Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Alerta

A Semaurb alerta os motoristas e pedestres para que, caso encontrem fios soltos ou pendurados, sejam de internet, telefonia, TV por assinatura e, principalmente, de energia elétrica, que não encostem e se afastem do local. E orienta a população que se possível, entre em contato com as empresas de telecomunicações ou com a concessionária de energia elétrica da cidade. Denúncias também podem ser feitas à Semaurb, pelo telefone (74) 3612-3581 ou na sede da secretaria, na Rua Oscar Ribeiro, s/nº, das 8h às 14h (Ascom/Semaurb)

Redação PNB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.