“Bazar do Poeta Galvão” vende relíquias autografadas pelo juazeirense, Luiz Galvão, para custear tratamento do artista

"Bazar do Poeta Galvão" vende relíquias autografadas pelo juazeirense, Luiz Galvão, para custear tratamento do artista

Com problemas de saúde, o poeta e compositor juazeirense, Luiz Galvão, 87 anos, está precisando de ajuda para arcar com as despesas dos tratamentos médicos. Por conta disto, os familiares do artista estão realizando um bazar de relíquias autografadas por ele.

Entre as peças que fazem parte do “Bazar do Poeta Galvão”, estão livros como as obras “Anos 70: Novos e Baianos”, publicado em 1997, e “João Gilberto, a bossa”, lançado no ano passado.

 

Antes de ter o estado de saúde agravado pelo diabetes, o artista fazia shows performáticos onde declamava seus textos.

Galvão é autor dos sucesso como “Acabou chorare”, “Preta Pretinha”, “Besta é tu”, entre outros,  do grupo Novos Baianos, que nos anos 70 era formado por Pepeu Gomes, Baby Consuelo, Moraes Moreira, Paulinho Boca de Cantor, entre outros.

Redação PNB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.