“A ação é válida, mas no lugar errado”: motoristas enfrentam engarrafamentos e criticam organização no trânsito de Juazeiro, nesta sexta-feira(15), aniversário da cidade

"A ação é válida, mas no lugar errado": motoristas enfrentam engarrafamentos e criticam organização no trânsito de Juazeiro, nesta sexta-feira(15), aniversário da cidade

Nesta sexta-feira (15), quando se comemora os 144 anos de Juazeiro, a cidade amanheceu com longos engarrafamentos em vários pontos. A situação, provocada pela interdição de ruas e avenidas próximas à orla da cidade, onde estão acontecendo eventos de celebração, irritou os condutores que questionaram a organização do trânsito.

De acordo com eles, umas tendas que foram montadas para uma ação da Secretaria de Educação, na orla II, o lado da rampa que dá acesso à Petrolina, é o ponto mais conturbado do trânsito, com reflexos para outros pontos da cidade.

“A ação é válida, mas no lugar errado. A pessoa que teve a “brilhante” ideia de fazer evento ao lado da rampa de acesso à Petrolina merece ser prefeito. O engarrafamento está indo longe. Na Raul Alves ninguém passa. Parou a cidade toda. Tenho 19 anos em Juazeiro e não lembro de uma embolação dessa”, declarou um comerciante em contato com o PNB.

(Fotos arquivo pessoal)

Um motorista de aplicativo, que também entrou em contato com a nossa redação, reforçou a crítica a estratégia montada para a realização do evento.

“É ótimo que tenha comemoração ao aniversário da cidade, mas tem que ter organização, para que a população não fique prejudicada. Tem que ter um estudo de trânsito antes, para não afetar o fluxo dos veículos. Me parece que montaram o evento, sem esta preocupação. Está quase impossível trabalhar hoje. O trânsito está parado. Uma quilométrica fila de veículos se formou entre o Mercado do Produtor e a ponte Presidente Dutra e a tendência é só crescer. Ninguém está conseguindo chegar em Petrolina. Tive que recusar várias corridas para lá, pois iria demorar horas no engarrafamento. Até no centro de Juazeiro está difícil de chegar. E amanhã vai ser pior, já que não é feriado”, criticou.

O PNB encaminhou as reclamações para a CSTT de Juazeiro, que enviou a seguinte nota:

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) esclarece à população que esta é uma situação atípica e que, somado a toda a questão da movimentação maior na cidade, também houve problemas com veículos quebrados que acabaram impedindo o fluxo do trânsito e estendendo o congestionamento.

Também alerta que é preciso respeitar as barreiras, seguir as vias alternativas e, sobretudo, respeitar os outros condutores. Desta forma, vai ser possível um trânsito mais tranquilo e uma experiência positiva neste final de semana de aniversário da cidade.

A equipe de agentes de trânsito já está nos locais direcionando os condutores e fazendo todo o possível para que haja o menor transtorno possível, dadas as circunstâncias especiais.

Interdição

De acordo com a Companhia de Segurança Trânsito e Transporte de Juazeiro, nesta sexta-feira (15), a Orla ficará fechada desde a junção da rua João Freitas com a Adolfo Viana e permanecerá assim todo o final de semana. Desta forma, os ônibus terão acesso pela rua Oscar Ribeiro. A avenida Santos Dumont também será fechada no seu acesso para Petrolina, ao lado do Banco do Brasil.

Redação PNB

2 Comentários


  1. Gostaria de “PARABENIZAR” a PREFEITURA e o DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO, pela ” COMPETÊNCIA” para fazer algo tão ERRADO, que causou transtornos a vida de tanta gente, muito bom saber que temos ÓRGÃOS EFICIENTES, para o que é errado, belo PRESENTE INESQUECÍVEL, PARABÉNS aos IDEALIZADORES.

    Responder

  2. Boa tarde! Venho falar da minha insatisfação com a organização do aniversário de Juazeiro. O trânsito todo bagunçado, por causa do maioral, o senhor Dadau e Cia, um cara sem respeito, sem empatia, cheios de desvandeios. Presenciei hj um comportamento dele, hostil com os colegas de trabalho, eu frizo uma frase que sempre medito ” Dignidade é um quandro na parede”, senhora prefeita como pode acatar os ” desvandeios” de um cara desses. Cada um em seu quadrado, tem que ser respeitado as hierarquias. Estamos em crise, os Juazeirense que precisam trabalhar para colocar o pão na mesa, precisa de espaço. Para que camarote? com certeza é ideia do senhor Dadau e cia, tudo forma de enaltecer a elite, e a minoria fica fora. Eu faço das suas palavras, senhor Cristiano, as minhas. “Hoje Juazeiro completa 144 anos. Os Juazeirense não tem motivos para comemorar, no pátio da orla nova, o povo mais uma vez terá o seu direito caçado e privado pelo bem do Senhor Dadau e Cia. Esse senhor que durante a campanha não aparece pois esse tipo de gente fica esperando pra onde o vento vai soprar, é sempre assim eles não tem lado enquanto o político está com a cuia coletando os votos para chegar ao poder eles ficam quietos traçando os planos para tomar conta de tudo quando o pleito se concretizar. os ambulantes ficaram na porta da festa, como foi no show de aniversário de Ivete Sangalo. Lutamos para desmontar um esquema que funcionava dessa mesma forma no governo passado, acreditamos no Governo da Primeira Prefeita mulher dessa cidade a Mãe que sempre disse estar on e acredito que ela esteja pois será preciso estar, no Santo Antônio gerenciado pela Secretaria de Cultura através do Superintendente André Mendes e toda equipe o povo voltou a ter vez e voz e a Prefeita foi aplaudida pelas mais de 300 pessoas que tiveram um emprego de três dias mas através dele conseguiram levar um pouco de dignidade para casa, mas como diz o ditado alegria de pobre dura pouco pois o esquema aí é igual ao do governo passado. Vai beneficiar apenas o Senhor Dadau que já tem um cargo com alto salário na prefeitura e a sua Trupi, o povo mais uma vez vai pagar somente a conta e Juazeiro continua sendo a cidade que não gera emprego nem indireto por que a máfia não permite. É tudo nosso e nada é deles essa foi a frase que mais ouvimos durante 12 anos e agora continua em uma nova versão O mais absurdo é que a praça não é mais do povo e o céu não é mais do avião o evento pago com o dinheiro publico irá beneficiar somente uma minoria.”
    Não deixe prefeita que gente como essa, estraguem a sua reputação.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.