Alex Tanuri divulga áudios que indicam manipulação do processo seletivo feito pela Seduc

Alex Tanuri divulga áudios que indicam manipulação do processo seletivo feito pela Seduc

O vereador Alex Tanuri utilizou suas redes sociais para fazer uma grave denúncia contra a gestão Suzana Ramos. De acordo com áudios enviados ao edil, a secretária de educação, Normeide Carvalho, teria manipulado o processo seletivo do programa Projovem Urbano para favorecer a sua irmã Dilvaney Almeida Lima.

Dilvaney Almeida Lima ficou em uma colocação ruim porque seus títulos, somados, a levaram a ter apenas 4,5 pontos. Na resultado da fase preliminar divulgado dia 27/06, ela estava na 12ª colocação. O edital previa que o prazo para recursos expiraria no dia 28/06. Entretanto, no dia 1º de julho, a Seduc publicou uma mudança no prazo. De acordo com o vereador, só este fato já causaria estranheza. Ele relata, porém, que algo mais grave aconteceu:

“Recebi áudios de uma reunião na qual a secretária, Normeide Carvalho, orienta a comissão a aceitar títulos e elevar a pontuação da irmã, fazendo com que ela pulasse para o primeiro lugar, empatada com uma pessoa, mas assumindo a primeira colocação por causa da idade. Nos áudios, a comissão discute entre si e as pessoas diziam que não teriam coragem de assinar a reconsideração porque seria escandaloso. As pessoas falam que os documentos apresentados não podiam sequer ser considerados certificados e não resultariam em pontos”, disse Alex no Instagram.

O vereador continua: “Em certo momento da conversa, Normeide aparece e começa a orientar a mudança. Segundo ela mesmo diz na gravação, a irmã já estaria trabalhando no Social, mas teria um problema com a secretária Amélia. Por isso, ela orienta a irmã a fazer um recurso e a comissão a acatar o pedido”.

De acordo com Tanuri, o fato será levado ao Ministério Público e uma proposta de abertura de CPI será levada à mesa diretora da Câmara de Vereadores de Juazeiro. “Estamos diante de uma fraude no processo seletivo, articulada pela própria secretária de educação para beneficiar uma irmã! Está tudo gravado e tanto os áudios quanto os documentos serão entregues ao Ministério Público. Estes áudios não deixam dúvida da manipulação. A Câmara de Vereadores deve imediatamente abrir uma CPI para investigar essa fraude e indiciar os culpados”, finalizou.

Veja o vídeo

Ascom/Alex Tanuri

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.