Juazeiro vence por 2 a 1 e sai na frente no primeiro duelo da semifinal contra o Jacobinense

Juazeiro vence por 2 a 1 e sai na frente no primeiro duelo da semifinal contra o Jacobinense

Na primeira partida válida pela semifinal do Campeonato Baiano da Série B, que aconteceu neste domingo (17), no Estádio Adauto Moraes, o Juazeiro Social Clube venceu o time do Jacobinense pelo placar de 2 a 1 e deu um importante passo rumo ao acesso à primeira divisão. Desde o início do jogo o Tricolor das Carrancas fez valer o mando de campo e o apoio da torcida, pressionando a forte equipe adversária e impondo um ritmo mais intenso.

Após várias investidas pelos lados do campo e boas triangulações pelo meio, as quais resultaram em chute forte de Arez passando rente à trave e cabeceio perigoso do atacante Ere, o Juazeiro abriu o placar em bela jogada do camisa 19 Pillar. Aos 25 minutos de jogo, o atacante tricolor driblou o zagueiro e deu um chute certeiro no canto direito da meta do Jacobinense, para explosão de alegria da torcida carranqueira. O representante da cidade de Jacobina reagiu partindo para o ataque e, ainda nos acréscimos da etapa inicial, conseguiu empatar a partida após bola alçada na área do goleiro Cassiano.

No segundo tempo, o técnico Nasareno Silva usou todas as possibilidades de substituições na equipe, promovendo as entradas de cinco suplentes, tanto por opção tática quanto por lesões de jogo. Entraram André (10), Douglas (18), Candinho (20), Wellington (2) e Raikar (14) para as saídas de Eduardo (22), Jadson (3), Erê (11), Elicarlos (8) e Cesinha (6). As alterações deram novo gás ao time, que praticamente jogou o tempo todo no setor ofensivo criando muitas jogadas que por pouco não resultaram em gol. Mas o atacante Pillar estava em dia iluminado e, de cabeça, estufou as redes do Jacobinense pela segunda vez aproveitando cruzamento preciso de Candinho.

“Nós sempre treinamos essas jogadas e graças a Deus conseguimos executá-las hoje em momento crucial da partida. Importante a gente começar bem, mas sabemos que não tem nada ganho. Vamos manter o foco e essa mesma pegada para atingirmos o nosso grande objetivo que é levar o Juazeiro de volta à primeira divisão”, externou o goleador do jogo, o camisa 19 Pillar.

Mesmo novamente à frente do placar, o Juazeiro se manteve forte no ataque e por pouco não marcou o terceiro. O apito final do árbitro Ricarle Gonçalves, aos 49 do segundo tempo, decretou a vitória do Tricolor das Carrancas que passa a ter vantagem do empate no jogo da volta. O técnico Nasareno Silva ressaltou que seu time não irá mudar as características de sempre buscar o ataque mantendo o equilíbrio com a parte ofensiva.

“Tivemos alguns problemas de contusões nessa partida, a exemplos do Jadson e do Elicarlos. Agora vamos tentar recuperá-los para a segunda parte desta decisão contra um adversário difícil. Mas temos o nosso modelo de jogo que ainda pode contar com um trunfo, por isso não vamos ficar só na defensiva, não vamos mudar o que nos trouxe até aqui nos agarrando a essa vantagem. Queremos fazer o nosso jogo e esperamos ter sucesso mais uma vez”, destacou Nasareno.

A segunda partida da semifinal – que definirá o primeiro classificado para a Série A do Baianão 2023 – acontecerá no Estádio José Rocha, na cidade de Jacobina, no próximo sábado (23), às três da tarde. O Juazeiro garante o acesso com um empate. Vitória do Jacobinense por diferença de 1 gol leva a decisão para os pênaltis. O outro duelo da semifinal, entre Itabuna e Jequié, terminou com um empate em 1 a 1.

Juazeiro Social Clube: Cassiano; Rodrigo Ramos; Jadson (Wellington); Marcondi; Cesinha (Raikar); Cleyton; Elicarlos (Douglas); Ere (Candinho); Arez; Pillar; Eduardo (André).

Ascom Fotos: Adolfo Júnior

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.