Juazeiro: condenado a 7 anos Cléber Araújo dos Santos por tentar matar Laíse dos Santos, dois meses antes de assassinar a ex-namorada; ele já havia sido condenado a 23 anos pelo feminicídio

Juazeiro: condenado a 7 anos Cléber Araújo dos Santos por tentar matar Laíse dos Santos, dois meses antes de assassinar a ex-namorada; ele já havia sido condenado a 23 anos pelo feminicídio

Foi condenado a 7 anos, por homicídio duplamente qualificado, motivo torpe e feminicídio na forma tentada, Cléber Araújo dos Santos por ter efetuado disparos de arma de fogo contra a ex-namorada Laíse dos Santos Silva, de 20 anos, dois meses antes de assassinar a jovem.

Cleber já havia sido condenado a 23 anos e 6 meses, pelo assassinato de Laíse dos Santos Silva, que ocorreu no dia 20 de junho de 2017. Somado a este tempo, com a nova condenação, serão 30 anos de pena.

O julgamento aconteceu nesta sexta-feira (26), no Fórum Conselheiro Luiz Viana Filho, em Juazeiro, no Norte da Bahia, com atuação do Promotor de Justiça Raimundo Moinhos.

Crime

Cléber confessou o assassinato de Laíse, que aconteceu no dia 20 de junho de 2017. Ela foi morta com disparos de arma de fogo no bairro Itaberaba, quando saia do trabalho.

Em 2017, Cléber também foi julgado pela tentativa de homicídio contra um mototaxista, identificado como Anderson de Souza, que transportava a vítima no momento do crime e também foi atingido durante os disparos. A pena para esta tentativa foi de 1 ano e 8 meses.

De acordo com o Promotor Moinhos,  além de ter tentado matar Laíse dois meses antes de tê-la assassinado, o assassino já havia agredido a vítima outras vezes.

Redação PNB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.