Revoltados, usuários reclamam do serviço de marcação de exames e consultas na Secretaria de Saúde de Juazeiro; veja vídeo

Revoltados, usuários reclamam do serviço de marcação de exames e consultas na Secretaria de Saúde de Juazeiro; veja vídeo

Após receber uma série de reclamações de usuários do sistema público de saúde de Juazeiro sobre as filas que estão se formando, já nas madrugadas, na porta da Secretária de Saúde para a marcação de consultas e exames, o PNB esteve nesta terça-feira (30) na sede da Sesau e constatou a situação.

Às 11 horas da manhã, dezenas de pessoas esperavam por atendimento. A maioria delas chegou às 5 da manhã para conseguir marcar os serviços.

Uma usuária, moradora do João Paulo II, indignada, disse que as marcações estavam acontecendo na UBS do bairro, mas a secretaria resolveu fazer uma mudança e dificultou ainda mais o acesso aos serviços.

“Marcava no posto e era até mais fácil, mas chegava a ficar até um ano e seis meses a guia lá e se a gente não brigar não consegue. Tenho lúpus e fibromialgia e me indicaram pra cá. Cheguei às 5 da manhã, já são 11 horas e até agora nada. E disseram que o sistema está fora do ar. A gente não tem condição de fazer particular, então tem que esperar”, disse a mulher.

Outro usuário, um idoso de 72 anos, disse chegou às 6h30 e às 11 ainda esperava com a ficha de número 80.

“A gente deixava a ficha no posto e demorava. É a primeira vez que venho aqui. Não tem atendimento prioritário para idosos, a ficha é igual”, contou o usuário.

Na fila, ouvimos muitos relatos de pessoas que chegaram na madrugada, dormiram na calçada para conseguir uma fichas, escutamos muitas reclamações e críticas à gestão da saúde municipal.

Indignada, a morada do bairro Coréia, Wanda Teixeira Cerqueira, nos enviou um vídeo em que demonstra a sua revolta com a gestão da saúde pública no município.

Confira vídeo:     

O PNB vem acompanhando esta situação desde a segunda-feira (29), quando fomos procurados por usuários que estavam na fila.

“Olha o presente da Prefeita Suzana para os usuários da saúde de Juazeiro. Eles agora proíbem a entrada dos pacientes de qualquer marcação e bota todo mundo fora. Não há atendimento prioritário. Idosos, pessoas com deficiência penando na fila. Isso aí é o tratamento humanizado que a prefeita prometeu”, reclamou uma usuária.

De acordo com ela, as fichas se esgotaram por volta das 7h30, e muita gente voltou pra casa sem conseguir marcar os serviços.

Ainda segundo os usuários que fizeram contato com o PNB,  na última sexta-feira (26), a situação foi a mesma. Dezenas de pessoas na fila para fazer a marcação dos serviços.

“Antes das 8 horas as fichas acabaram e muita gente voltou sem conseguir marcar seus exames e consultas. Uma falta de respeito com quem precisa do sistema público de saúde”, disse a usuária.

Nesta terça-feira (30), logo no início da manhã, recebemos mais reclamações. Por volta das 5 da manhã, uma leitora  nos enviou imagens da situação, e revoltada com o atendimento aos usuários, desabafou: “Uma falta de respeito. Aqui têm muitos idosos, pacientes oncológicos do TFD desde a madrugada e sem nenhuma comodidade. Em pé, por horas, e ainda correndo o risco das fichas acabarem e voltar para casa sem conseguir marcara nada”, protestou.

Ela ainda completou: “Para piorar a situação disseram que houve um problema no sistema e até agora, perto das 8 da manhã, a situação não foi resolvida”.

Desde ontem (29), que estamos buscando esclarecimentos junto à Secretaria Municipal de Saúde.

Redação PNB    

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.