Após aprovação da PL dos Precatórios pela ALBA, APLB encerra paralisação; entidade diz que entrará na justiça caso o governo não pague com juros

Após aprovação da PL dos Precatórios pela ALBA, APLB encerra paralisação; entidade diz que entrará na justiça caso o governo não pague com juros

O PL 24.631, que regulamenta o pagamento da primeira parcela dos precatórios do FUNDEF aos educadores baianos acaba de ser votado na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). A sessão, ocorrida nesta quarta-feira (21/09), foi acompanhada pela direção da APLB-Sindicato e centenas de trabalhadores em Educação, da capital e interior, que mantiveram vigília na ALBA durante a apreciação da proposta.

O texto foi aprovado conforme enviado pelo governo do estado à Assembleia. No entanto, não há impedimento em acrescentar juros no repasse.

Com a votação, a categoria há mais de uma semana mobilizada, cobrando o pagamento imediato da quantia, encerra a paralisação e retorna à sala de aula amanhã (22/09).

“A APLB irá acompanhar o retorno dos educadores à sala de aula, bem como o pagamento dos recursos. Caso o governo pague o valor sem os acréscimos, o nosso sindicato judicializará imediatamente uma ação cobrando. Em breve daremos informações sobre os próximos passos”, declarou Marilene Betros, coordenadora em exercício da APLB.

Ascom

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.