Pardo: Autodeclaração racial polêmica de ACM Neto pode gerar grande prejuízo eleitoral; entenda

Pardo: Autodeclaração racial polêmica de ACM Neto pode gerar grande prejuízo eleitoral; entenda

ACM Neto (União Brasil) se autodeclara como pardo à Justiça eleitoral desde 2016, quando se reelegeu prefeito de Salvador. No entanto, em 2022, quando tenta a cadeira de governador do Estado, o tema virou polêmica e serve de munição para ataques de seus adversários políticos.

Diretora do Datafolha, Luciana Chong explica que o ex-prefeito de Salvador pode sofrer consequências eleitorais por conta da polêmica do tema. Entrevistada na Rádio Metropole nesta quinta-feira (22), Chong comentou os números do último levantamento do instituto realizado na Bahia e apontou uma queda de ACM Neto entre o eleitorado baiano mais jovem.

O levantamento apontou que a vantagem do candidato ao governo pelo União Brasil continua sendo maior entre o eleitorado baiano mais jovem. Se no geral, a diferença foi de 17 pontos percentuais, ela ficou em 31% entre os eleitores da faixa etária de 16 a 24 anos.

Na faixa seguinte, entre 25 e 34 anos, a vantagem cai para 21%. Os números, no entanto, sofreram uma queda de 6 pontos quando comparado ao levantamento anterior – valores acima da margem de erro, que é de dois pontos para mais ou para menos.

Luciana Chong avalia que a queda por ter relação com a polêmica da autodeclaração. “Esse caso teve uma grande repercussão nas redes sociais, com vídeos e memes. Então isso pode ter tido alguma influência na diminuição de ACM Neto nesse segmento especificamente, que geralmente é mais antenado nas redes sociais. E, por conta disso, o Jerônimo ganhou 8 pontos entre os mais jovens”, afirmou.

O levantamento ouviu 1.526 eleitores no estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança de 95%. A consulta está registrada no TSE sob o número BA-07738/2022 e BR-09822/2022 e foi feita entre 19 e 21 de setembro.

 

Bocão News 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.