“Vão pensar duas vezes antes de cometer atos como esses”: Federação responsável por boates em Barcelona pede para integrar acusação contra Daniel Alves

0

 

A Federação Catalã de Associações de Atividades Recreativas e Musicais (Fecasarm), responsável por administrar boates em Barcelona, entrou com um pedido para integrar a acusação popular no caso de estupro envolvendo o jogador Daniel Alves.

Em entrevista ao Uol Esporte, o secretário-geral da Fecasarm, Joaquim Boadas, afirmou que o grupo se sente “parte legítima da casa”, já que a vítima relata que a agressão ocorreu dentro de uma casa noturna.

“Muitas pessoas, vendo alguém tão famoso e milionário indo para a prisão, inclusive antes de um julgamento, vão pensar duas vezes nas consequências antes de cometer atos como esses. Com isso, serão evitados muitos casos de agressão sexual em espaços de vida noturna”, afirmou Joaquim.

O pedido deve ser respondido em até três dias. Caso seja aceito, a federação deve ajudar a acusação a coletar possíveis provas.

Acusado de estupro, Daniel Alves está preso preventivamene na Brians 2, a 40 quilômetros de Barcelona. Nesta segunda-feira (23), a defesa do atleta começou a preparar um recurso pedindo a liberdade provisória dele.

Redação PNB, com informações UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome