Presos acusados de envolvimento em plano para sequestrar e matar Sergio Moro são assassinados a facadas dentro de penitenciária

0

 

Dois presos suspeitos de planejar o sequestro do ex-juiz e senador Sérgio Moro, foram executados nesta segunda-feira (17), na Penitenciária Maurício Henrique Guimarães Pereira, em Presidente Venceslau, São Paulo.

Segundo informações da CNN, a suspeita é que os responsáveis pelo assassinato tenham ligação com a facção do PCC.

Janeferson Aparecido Mariano, vulgo Nefo, e Reginaldo Oliveira Souza, vulgo Rê, foram encontrados mortos no banheiro e no pátio do presídio, respectivamente. Ainda de acordo com a CNN, as mortes aconteceram por volta das 12h30, logo após os presos serem liberados para o banho de sol.

Nego goi levado por três homens para o banheiro da unidade penitenciária, onde foi morto a golpes de faca. Depois, Rê foi capturado e executado no pátio do presídio.

O promotor Lincoln Gakiya afirmou que ainda não foi esclarecida a motivação para as execuções de Nefo e Rê.

Em nota oficial enviada ao G1, a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP-SP) confirmou que três presos assumiram a autoria dos homicídios.

Os três detentos foram isolados e deverão responder por esses novos crimes.

Os crimes estão sendo investigados pela Polícia Civil.

Redação PNB 

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome