SESAU se manifesta sobre denúncia feita por mãe de criança atípica com dificuldade em agendar atendimento psiquiátrico no CAPS I de Juazeiro

0

Secretaria de Saúde de Juazeiro se manifestou sobre matéria feita pelo Preto no Branco, em que uma mãe de uma criança atípica reclamou sobre a dificuldade na marcação de atendimento psiquiátrico no CAPS I.

“A Secretaria de Saúde (Sesau) informa que a primeira busca do paciente pelo serviço é por demanda espontânea, de segunda a quinta-feira, pela manhã e à tarde no Caps ij. Somente após esse primeiro contato, os responsáveis pelo paciente são informados sobre abertura da agenda para o atendimento médico. O atendimento agendado só é realizado para os pacientes do interior. A Sesau se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos”.

Denúncia

Uma mãe de uma criança atípica, em contato com o Preto no Branco, criticou a dificuldade em marcar atendimento psiquiátrico no CAPS I – Centro de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil de Juazeiro.

“Entrei em contato via whatsapp para agendar o primeiro atendimento, mas não consigo marcar. Na primeira vez, a informação que me passaram é que tenho que esperar a agenda da médica abrir novamente. Na segunda, me informaram que não tinha previsão para os atendimentos”, relatou a mãe.

“Nós temos direito ao atendimento e acompanhamento integral, mas não conseguimos acessar. Seria a primeira consulta dele com o psiquiatra. Meu filho está ‘surtando’ direto, preciso de ajuda. Cadê a rede de apoio?”, disse.

Redação PNB

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome