“Vários anos de estudo, de esforço para pagar e 2 anos após nada de diploma”: Alunos cobram da FACESP, em Petrolina, entrega de diplomas; eles dizem que pagaram 600 reais pelo documento

1

 

Após concluírem o curso de pedagogia na Domus Sapiens, no Alto da Maravilha, em Juazeiro, ex-alunos da instituição de ensino superior estão enfrentando dificuldades para receberem seus diplomas. Em contato com nossa redação nesta sexta-feira (20), uma ex-aluna contou que depois da colação de grau, em dezembro de 2021, a faculdade decretou falência e encaminhou os alunos para a FACESP, em Petrolina. Eles pagaram 600 reais para receberem os diplomas, mas até o momento a faculdade não realizou a entrega do documento.

A ex-aluna, que preferiu não ser identificada disse ainda que outros alunos de sua turma estão enfrentando o mesmo problema.

“Eu cursei a minha graduação na FDS-Domus Sapiens, no Alto da Maravilha. Eles declararam falência e nos encaminharam para a Facesp, em Petrolina, que cobrou, de cada aluno, 600,00 para entregar os diplomas, mas nada foi cumprido. Os anos vão se passando e nada de diploma. Tentamos contato com uma funcionária de nome Mara, que foi a responsável por nos cobrar os 600,00, e agora ela não nos responde, não entra em contato. A secretária disse que até o final de outubro do ano passado nós estaríamos com o diploma em mão e até agora nada. Pagamos por um documento que é obrigação da faculdade entregar gratuitamente e em um prazo de até 60 dias. Já tem mais de 2 anos que concluímos e até hoje não nos entregaram o documento. Depois que concluímos, descobrimos que a Domus Sapiens tinha falido e que talvez teríamos caído em um golpe. Foram vários anos de estudo, de esforço para pagar a faculdade e no fim descobrir que ela estava falida”, contou.

Ela mora em outra cidade e veio a Petrolina para tentar resolver a questão junto à FACESP,  mas a instituição não resolveu a pendência, que está prejudicando os ex-alunos.

“Estou voltando de Petrolina triste e com a certeza de que cairmos em golpe. Fomos a faculdade e quando ameaçamos colocar a Facesp na justiça e expor o caso na mídia, imploraram para que não fizéssemos isso e se comprometeram em resolver, o que nos deu alguma esperança. Poucos dias depois fomos procuradas pela direção da Facesp com a proposta de fazer uma nova colação de grau e exigindo que no diploma constasse que fomos formadas pela Facesp. Eu aceitei, paguei 600 reais e me garantiram que até outubro de 2023 estaria com diploma, mas até agora nada. Essa semana a Facesp entregou alguns diplomas, mas boa parte ficou sem diploma e a faculdade pediu mais prazo para entrega dos outros diplomas. A FACESP se comprometeu em resolver o problema da Domus e agora nos fazem passar por esta situação”, denunciou.

Nós encaminhamos a reclamação para a FACESP e aguardamos uma resposta.

Redação PNB  

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome