Tal pai, tal filho – Petrolina no Governo Temer

Tal pai, tal filho - Petrolina no Governo Temer

fernandofilho

O Deputado Federal por Petrolina, Fernando Bezerra Coelho Filho ( PSB/PE) tomou posse na tarde de ontem (12) como ministro de Minas e Energia. Com apenas 32 anos de idade, Fernando Filho está no seu terceiro mandato.

No dia 17 de abril , o Deputado votou pelo impedimento da Presidenta Dilma Roussef na Câmara Federal, participando como 3º vice-presidente da comissão especial que analisou o processo.

fbcNo Senado Fernando Bezerra Coelho, pai do novo ministro, que ocupou o Ministério da Integração Nacional no governo Dilma e é investigado pela Operação Lava-Jato, também votou pelo impedimento da Presidenta.

Formado em administração de empresas pela FAAP, em São Paulo, assume uma importante pasta no Governo Federal, que tem como empresas vinculadas a Eletrobras e a Petrobras. A Eletrobras controla, as empresas Furnas Centrais Elétricas S.A.,Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE), Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte), Eletrosul Centrais Elétricas S.A. (Eletrosul) e Eletrobrás Termonuclear S/A (Eletronuclear).

Entre as autarquias vinculadas ao Ministério estão as Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).

Assim se expressou o novo Ministro ” Com compromisso e ética, assumo hoje o Ministério de Minas e Energia. Essa escolha foi apoiada pela Bancada do PSB na Câmara, que reafirmou o comprometimento em auxiliar de forma direta para que o Brasil supere este difícil momento político. É chegada a hora de pôr os interesses do país acima das disputas políticas, recuperar a fé dos brasileiros e unir forças para reerguer a nação. A esperança se renova!”

Por Sibelle Fonseca

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.