No Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares a UPAE de Petrolina comemora taxa 20 vezes menor do que o parâmetro nacional

No Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares a UPAE de Petrolina comemora taxa 20 vezes menor do que o parâmetro nacional

13174058_545394992252484_8229086055008105597_n

Neste domingo (15), em todo o Brasil, comemorou-se o Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares. Lembrando a data, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE) comemora o índice 20 vezes menor do que o parâmetro nacional em infecção de cirurgias. A taxa registrada na unidade de saúde foi de 0.13% no 3º trimestre de 2015 e 0% no 4º trimestre do mesmo ano. Portanto, muito abaixo da média do Benchmarking de Estudos Internacionais que considera entre 2 a 5% um bom índice.

Os números positivos são fruto de iniciativas como a implantação da Linha de Cuidado do Paciente Cirúrgico e de campanhas permanentes em prol da correta higienização das mãos e uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) pelos profissionais de saúde. O modelo da Linha de Cuidado, por exemplo, obteve reconhecimento em Recife, durante o I Seminário de Experiências Exitosas do Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira (IMIP), que aconteceu em abril.

As ações fazem parte do trabalho do Núcleo de Segurança do Paciente, Núcleo de Educação Permanente (NEP), Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH).

“Procuramos criar mecanismos que garantissem a segurança do paciente antes, durante e depois das cirurgias. Os números representam o resultado de todo esse trabalho em equipe. De maneira simples, quanto menor o índice menos infecções estão acometendo os pacientes que realizam cirurgia. Estar 20 vezes abaixo da média nacional, nesse caso, torna o serviço da UPAE referência em segurança. Vale ressaltar que o trabalho de controle de infecções é contínuo, e esse é mais um bom motivo para comemoramos no Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares”, ressalta a coordenadora de Enfermagem, Grazziela Franklin.

ASCOM – UPA24h/UPAE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.