Profissionais de saúde ressaltam importância da doação de Leite Materno

Profissionais de saúde ressaltam importância da doação de Leite Materno

leite-materno

Hoje (19), é comemorado o Dia Mundial de Doação de Leite Materno, o Hospital Dom Malan/IMIP, em Petrolina (PE), possui o Banco de Leite Humano (BLH), o Biama, que presta serviços em atendimentos referentes à amamentação para usuários do Vale do São Francisco. A equipe especializada da unidade apoia, protege, promove aleitamento materno e realiza palestras voltadas para gestantes com gravidez de alto risco e recentes mães, realiza coleta interna e externa de leite humano, além de pasteurização e distribuição aos recém-nascidos prematuros e de baixo peso.

Para celebrar a data, os profissionais do BLH participaram na tarde desta quinta-feira de uma programação especial que foi exibida via teleconferência com o Brasil e diversos outros países. Esta comemoração em 2016 foi a primeira no âmbito da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, com a qual a Rede Global de Bancos de Leite Humano (rBLH) assumiu o compromisso de contribuir para a redução de mortes evitáveis de recém-nascidos e lactentes nos países dos três continentes que compõem a rBLH.

Na ocasião, foram compartilhadas experiências com Brasil, Colômbia, El Salvador, México, Peru.

BLH do HDM

Em média, mensalmente o BLH recebe leite de 18 doadoras, são atendidos 40 bebês e distribuídos 27 litros de leite pasteurizado. Segundo a coordenadora do Banco, a pediatra, Flávia Helena Guimarães, o leite materno é o melhor alimento para a saúde da criança. “O leite humano é vida, tanto para quem doa quanto para quem recebe”, comenta.

A médica também ressalta o importante papel do Banco de Leite para os usuários. “Os nossos bebês prematuros são frágeis, pela própria condição de nascer prematuro e ou de baixo peso. O leite humano possui todos os nutrientes necessários para complementar a sua dieta, pois a mãe fragilizada, muitas vezes se torna incapaz de manter, após o nascimento do filho, uma produção suficiente para alimentar o seu bebê”, explica.

“Incentivamos a prática da amamentação no Alojamento Conjunto, Sala de Parto, UTI Materna, às mães que se encontram com os filhos internados nos diversos setores do HDM e também a atendimento às pacientes externas”, complementa Flávia Helena Guimarães.

Doação

A enfermeira do BLH, Yany Cruz, explica como as mães podem ser uma doadora de leite materno. “A mãe que queira se tornar doadora, precisa entrar em contato o BLH, e informar algumas informações pessoais como por exemplo, nome, telefone e endereço. Após isso, uma técnica de enfermagem vai realizar uma visita domiciliar, para verificar aptidão da doação e orientar sobre a ordenha e armazenamento do leite humano”.

“Para que a mãe seja confirmada como doadora de leite materno, ela deve estar amamentando, ser saudável, apresentar exames do pré-natal compatíveis com a doação, não usar medicamentos incompatíveis com amamentação, e não usar álcool ou drogas ilícitas”, complementa Yany.

 

Serviço:

BIAMA

Av. Joaquim Nabuco, S/N – Centro – Petrolina/PE

Telefone: (087)3202-7002

____________________________________________

Por: EUDES SAMPAIO /ASSESSORIA DE IMPRENSA HOSPITAL DOM MALAN/IMIP – PETROLINA (PE)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.