A terceira idade estará representada na passagem da Tocha Olímpica por Sobradinho

A terceira idade estará representada na passagem da Tocha Olímpica por Sobradinho

idosa tox

Severina Maria Dos Santos, 86 anos, nascida em Patos – Paraíba, chegou em Sobradinho no ano de 1975 para trabalhar na cantina da construção da barragem.

Passado um período na cidade, mudou-se para Itaparica para também trabalhar na construção da barragem de lá. Cumprida a missão, Severina reencontrou-se com Sobradinho e fixou residencia na terra que confessa amar muito e ter adotado como sua.

Mãe de doze filhos, mulher guerreira, sertaneja e sábia.

Dona Severina trabalhou a vida inteira como cozinheira, ajudante geral, ajudante de cozinha, lavadeira e ainda exibe muita vitalidade e força.

Essa mulher virtuosa, dona de uma simpatia de causar inveja vai conduzir a Tocha Olímpica em Sobradinho. Foi escolhida, a dedo, pela prefeitura que fez a indicação ao Comitê Olímpico Rio 2016.

Os desafios da vida ela conhece muito bem e superou todos eles. Beirando os noventa anos, Dona Severina vai enfrentar no próximo dia 26 mais um desafio: conduzir o símbolo olímpico no seu próprio ritmo, dando uma lição de superação e auto confiança ao mundo inteiro.

Ainda sem acreditar que vai representar a cidade que tanto ama no evento olímpico, com a voz tremula e emocionada ela revela: “Me sinto muito bem e muito feliz. Vieram até me dizer que por causa minha idade, por estar “velha”, eu não poderia participar, mas graças a Deus eu sou muito ativa e vou dar conta do recado. Participo do grupo de orações da igreja, tomo conta de tudo dentro de casa e ainda faço atividade física no grupo de dança da terceira idade”.

Fôlego e disposição ela tem sobra.

Do alto dos seus 86 anos, Dona Severina deixa uma mensagem de otimismo e alegria de viver.

ASCOM – Prefeitura de Sobradinho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.