Remanso: Decreto do prefeito gera revolta na população

Remanso: Decreto do prefeito gera revolta na população

Nova sede do SAAE Remanso
Remanso faz jus ao nome: Tranquila e calma, muito pouco é manchete, salvo pelas estripulias de seus gestores, que nem sempre se comportam, na gestão da coisa pública, como deveriam.

As ruas andam agitadas. Os grupos de conversa no WhatsApp e nas páginas de redes sociais tem um assunto que bate recorde: O decreto 1578/2016 do prefeito criando vinte e cinco novas multas, sempre em valores com três dígitos, para quem descumprir determinações do SAAE – Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Remanso.

Tem multa para quem estende sua ligação dentro de casa sem avisar o SAAE, tem multa para o “desperdício” de água e taxa diferenciadas para religações e ligações: se a rua for calçada é 260 reais, se for asfalto 300 e se for terra 160.

Tem multa de todos os tipos e formas e até um novo escritório, onde funcionou até bem pouco tempo a sede do PMDB e que é de propriedade do vice-prefeito.

Não conseguimos localizar o vice-prefeito, que segundo informações na prefeitura, estaria “despachando no SAAE”. O prefeito, na sua clínica, justifica o aumento de forma simples: “Herdei uma autarquia como SAAE completamente falida. Conseguimos manter em funcionamento, com dificuldade, mas com a crise foi necessária esta regulamentação para coibir as ligações clandestinas”.

O “herdei” do prefeito é dito com mágoa e de imediato tenta reformular. Afinal a herança foi do prefeito anterior que ele apoia para sucedê-lo: “Não disse herdei, a verdade é que o crescimento da cidade criou dificuldades para Zé Filho (o prefeito que o antecedeu e que quer ser seu sucessor), que não teve dinheiro para fazer ampliação da rede, aí sobrou para nossa gestão”.

Nas ruas o sentimento é outro: “Não tem água o dia inteiro. Cai de pouquinho à noite e logo vai embora” – Reclama Eurundina Passos na Quadra X. “Falta de manhã, de tarde e de noite; Quero é ver o SAAE vir aqui cobrar multa” – ameaça José Luiz Pereira, morador da Área Industrial e dispara dois sonoros palavrões.

Enquanto isso o facebook, o whatsapp e todas as redes fervilham. O grupo “SAAE vende vento e cobra caro”, já chegou ao limite e o seu administrador, que não quer se identificar, diz que o grupo já gerou dois ou três filhotes: “Tem o grupo “SAAE, tô sabendo pra onde o dinheiro vai! ” e o “SAAE: Banho só de vento” e outros”.

Um funcionário da empresa terceirizada, responsável pelos cortes e fiscalização das novas multas, explica que “não é bem assim”: “Dr. Antonio Moura já determinou que os cortes e as multas só aconteçam depois dele identificar as pessoas. Não vai ter multa desse jeito que as pessoas estão dizendo”.

Algumas multas do Decreto 1578/2016: Multa IX, se você deixar de efetuar manutenção na caixa de esgoto: 150 reais. Iniciar projeto (?) sem comunicar ao SAAE: 300 reais. Não precisa nem ligar. È só iniciar! Essa é a multa XIII. Tem multa para todo gosto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.