“Não houve investimentos significativos, apenas mudanças na estrutura”, aponta Conselho Municipal de Saúde sobre readequação do Hospital de Campanha de Juazeiro

0

(foto arquivo)

Após verificar in loquo o trabalho realizado pela nova gestão no Hospital Municipal de Campanha de Juazeiro, no Norte da Bahia, o Presidente do Conselho Municipal de Saúde, irmão Robson, divulgou um relatório sobre as mudanças feitas na unidade.

De acordo com a análise, não houve investimentos significativos na readequação do Hospital, apenas mudanças na estrutura.

“Os leitos continuam na mesma quantidade (30) sendo 03 para sala Vermelha e 27 leitos intermediários. Não houve investimentos significativos, apenas mudanças na estrutura, como melhorias nos banheiros com melhor acessibilidade. A triagem não dá acesso imediato ao hospital. Equipamentos da sala vermelha (Ventiladores, bombas de infusão, carro de parada, monitores). Não constatamos que havia pretensão de fechamento do Hospital de Campanha”, aponta o relatório.

A suspensão temporária do atendimento na unidade aconteceu em fevereiro e foi denunciada pelo  Vereador Alex Tanuri. Na ocasião, irmão Robson informou que não havia sido comunicado sobre a readequação feita na estrutura da unidade hospitalar, o que seria uma obrigação da Secretaria de Saúde, devido a responsabilidade do Conselho de fiscalizar, obter informações, propor estratégias e participar da tomada de decisões.

“Estranhei esta falta de comunicação, pois sei o meu papel como presidente do Conselho, que é um órgão deliberativo na formulação e execução da política municipal de saúde, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros, nas estratégias e na promoção e controle social”, informou o presidente. (relembre)

 

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome