No mês de prevenção ao câncer de mama, Instituição Ivete Sangalo, em Juazeiro, está com um mamógrafo quebrado e os exames foram suspensos; as mamografias podem ser feitas pela Secretaria Municipal de Saúde

No mês de prevenção ao câncer de mama, Instituição Ivete Sangalo, em Juazeiro, está com um mamógrafo quebrado e os exames foram suspensos; as mamografias podem ser feitas pela Secretaria Municipal de Saúde

Para alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, é realizada no Brasil há quase 10 anos a campanha de conscientização “Outubro Rosa”. Somente neste ano,  foram estimados 66.280 casos novos de câncer de mama no Brasil, com um risco estimado de 61,61 casos a cada 100 mil mulheres.

Além do auto exame, a mamografia é fundamental para a detecção da doença. Porém, em Juazeiro, no Norte da Bahia, muitas mulheres não estão tendo acesso ao exame em uma das principais unidades que oferecem o serviço, o Instituto de Prevenção Ivete Sangalo, Hospital de Amor Juazeiro.

De acordo com informações repassadas ao Portal Preto no Branco, o único aparelho existente na unidade fixa está quebrado há cerca de um mês. Atualmente, a unidade conta apenas com dois mamógrafos, sendo que o outro está na unidade móvel, que no momento se encontra em funcionamento no município de Pilão Arcado.

Nossa equipe confirmou as informações com responsáveis pelo Instituto de Prevenção Ivete Sangalo. De acordo com a unidade, em dez dias,  os atendimentos serão retomados.

“O mamógrafo do Hospital de Amor Juazeiro se encontra quebrado há mais ou menos 30 dias, porém o Hospital de Barretos, sensibilizado com o problema, está enviando uma carreta para atendimento até a regularização dos nossos equipamentos, com previsão de chegada em 10 dias, quando voltaremos a oferecer 60 mamografias/dia. Informo também que as peças estão em tramites de importação e devido a pandemia tem sofrido atrasos”.

Em Juazeiro, além do Instituto de Prevenção Ivete Sangalo, as mulheres também podem realizar exames de mamografia na Policlínica Regional, através da Secretaria de Saúde do município. De acordo com o órgão, apesar da alta procura, não há fila de espera para este exame no município. A marcação é rápida, já que no município não há demanda reprimida.

“A paciente pode deixar a guia para o agendamento na Unidade Básica de Saúde (UBS) do seu bairro ou levar, diretamente, na Central de Marcação, que fica na Secretaria de Saúde de Juazeiro (no caso de mamografia). O médico precisa preencher o relatório no Sistema de Informação de Câncer (SISCAN)”, explicou o gerente da Central de Marcação, Damião Paixão.

A SESAU explicou ainda que para realizar a marcação, a paciente precisa levar a guia do médico, com o relatório do SISCAN anexado e o Cartão SUS. O horário de atendimento ao público na Central de Marcação é das 7h às 12h, de segunda a sexta-feira.

 

Da Redação foto reprodução

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.