Procurador-geral de Justiça de SP instaura procedimento contra deputado que atacou Vera Magalhães

Procurador-geral de Justiça de SP instaura procedimento contra deputado que atacou Vera Magalhães

O procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mario Sarrubbo, instaurou nesta quarta-feira (14) um procedimento contra o deputado estadual bolsonarista Douglas Garcia (Republicanos), que agrediu verbalmente a jornalista Vera Magalhães após o debate dos candidatos ao governo estadual.

Por ter mandato Assembleia Legislativa, ele só pode ser processado criminalmente pelo procurador-geral de Justiça. Segundo o Ministério Público de São Paulo, é a primeira iniciativa da instituição após um acordo formalizado em agosto junto a entidades representativas do setor para receber denúncias de ameaças contra jornalistas.

Vera estava em uma área reservada a jornalistas, quando foi abordada por Douglas Garcia, que a classificou de “vergonha para o jornalismo brasileiro”, frase que foi utilizada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para responder a uma pergunta da jornalista no debate presidencial da Band, no dia 28 de agosto.

O parlamentar ainda filmou as ofensas e provocações ditas contra a profissional de imprensa. Vera precisou sair escoltada do local.

BNews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.